manipulado-ultrafarma-araujo

Como utilizar o fármaco anorexígeno para o tratamento do excesso de peso? Anfepramona tem efeito similar?

Qual é a origem?

O mesmo é um medicamento da classe dos inibidores de apetite bastante antigo indicado para o tratamento de pessoas com excesso de peso, que não conseguem obter resultados somente através da prática de atividades físicas e que precisam, devido à sua saúde perderem peso rapidamente.

Este fármaco é uma droga sintética do grupo das anfetaminas, que em alguns países seu uso já está proibido, por causa do consumo deliberado que estava sendo realizado pelas pessoas.

No Brasil, a sua venda foi suspensa pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 2011, porém em 2017 passou a ser liberada novamente. Porém a compra deste só pode ser realizada mediante apresentação e retenção da receita médica.

O que diz na bula?

Veja a seguir como se dá o mecanismo e ação do produto, como tomar este medicamento, bem como os principais efeitos colaterais decorrentes de sua utilização, as contraindicações do mesmo e como proceder em casos de superdosagem.

Qual é o mecanismo de ação?

A ação deste medicamento ocorre na noradrenalina, neurotransmissor localizado no centro do hipotálamo lateral. Ele inibe o apetite das pessoas, e altera o sabor e o cheiro dos alimentos, deixando-os menos atrativos, portanto a pessoa irá comer menos e consequentemente emagrecerá. Além disso ele dá mais disposição física, fazendo assim com que as pessoas intensifiquem seus treinos, acelerando o processo de queima de calorias.

Como tomar?

Umas das perguntas mais frequentes que as pessoas fazem antes de tomarem o remédio é quantos quilos por semana dá pra se perder e quais as dosagens mais recomendadas pelos médicos que são as de 25 e 50 mg e somente deve ser utilizado por pessoas adultas, ou seja, por maiores de 18 anos.

Geralmente a mais indicada pelo menos no início é a de 25 mg ao dia, devendo ser ingerida preferencialmente pela manhã.

No entanto, tanto a dosagem quanto o horário de sua ingestão serão determinadas pelo médico após avaliação das condições do paciente.

É sempre importante lembrar que, devido à grande dependência causada por este medicamento, este não deve ser administrado por conta própria e nem em dosagens acima da recomendada pelo médico.

Quais são os efeitos colaterais?

Assim como todo medicamento, o remédio apresenta uma série de efeitos colaterais.

Confira a seguir, os principais deles, ou seja, aqueles que aparecem com maior frequência entre seus usuários, vale lembrar que doses extra forte tendem a causar ainda com maior frequência os efeitos:

  • Confusão mental;
  • Irritabilidade;
  • Hiperatividade;
  • Ansiedade;
  • Fraqueza;
  • Tremores;
  • Boca seca;
  • Vômitos;
  • Náuseas;
  • Diarreia;
  • Calafrios;
  • Insônia;
  • Dores de cabeça;
  • Arritmia cardíaca;
  • Hipertensão;
  • Problemas circulatórios;
  • Alteração da libido;
  • Câimbras.

Quais são as contraindicações?

São diversas as situações nas quais a utilização deste medicamento é contraindicada. Veja abaixo quais são elas:

  • mulheres grávidas;
  • lactantes;
  • crianças e adolescentes;
  • hipertensos;
  • pessoas com quadro de arritmia cardíaca e acidente vascular;
  • pessoas com hipotireoidismo;
  • glaucoma;
  • pessoas om histórico de alcoolismo;
  • pessoas com distúrbios psiquiátricos.

O uso deste medicamento é proibido para atletas profissionais, visto que ele aparece como uma anfetamina em testes de dopping.

Quais os efeitos da superdosagem?

Em casos de superdosagem os efeitos se tornam mais acentuados, porém são seguidos de comportamentos anormais, tais como irritabilidade, agressividade e delírios. Dependendo da sensibilidade da pessoa, a superdosagem poderá dar origem a psicose anfetamínica, quadro no qual a pessoa a ter alucinações, além de sinais físicos como taquicardia, palidez e pupilas dilatadas.

Para o tratamento da superdosagem, o paciente deverá ser hospitalizado para que seja realizada a sua desintoxicação. Na maioria dos casos, a pessoa permanece internada até a sua total recuperação. A desintoxicação envolve administração de medicamentos bem como lavagem gástrica.

Para maiores informações, busque a bula original do medicamento ou então consulte seu médico de confiança.

Quais são os benefícios?

O principal benefício obtido a partir da utilização deste medicamento é a rápida redução de peso.

Além deste, outros benefícios também são oferecidos e são eles:

  • Diminuição dos níveis de ansiedade e estresse, uma vez que ele atua diretamente no sistema nervoso;
  • Aumento da velocidade do metabolismo corporal;
  • Fornece mais disposição e energia ao corpo;
  • Combate à insônia;
  • Inibe o apetite.

Qual é o seu uso?

Este medicamento já foi um dos mais utilizados em nosso país. Ele é indicado para o tratamento de obesidade, uma vez que funciona como regulador de apetite. A pessoa ao ingeri-lo não sente fome, com isto come menos e acaba por emagrecer.

Há relatos de pessoas que dizem perder até 4 kg por semana, no início e depois de 2 a 3 kg por semana.

O seu uso estimula a capacidade físico e mental do indivíduo, deixando-o alerta. Por este motivo, alguns motoristas de caminhão passaram a utilizá-lo com este intuito de maneira indiscriminada. A partir de então, juntamente com o uso abusivo por parte das pessoas para emagrecer, o controle de sua compra passou a ser mais rígido do que antes.

Ela é indicada sobretudo para pessoas com sobrepeso, ou seja, pessoas que estão com IMC (índice de massa corporal) igual ou superior a 30, e que por este motivo já estejam enfrentando problemas de saúde.

Apesar de eficiente, o seu uso não tem sido muito recomendado pelos médicos na atualidade devido ao seu elevado grau de dependência. Estes profissionais têm recorrido a fármacos que causem o mesmo efeito no organismo, porém sem criar dependência.

E quando recomendado, o tratamento com este é sempre de curta duração. Tudo isto a fim de evitar maiores danos ao organismo.

Onde e como comprar?

Este medicamento pode ser adquirido em qualquer farmácia, porém mediante apresentação de receita médica.

No caso de compra pela internet, a pessoa deve enviar a foto da receita e somente após validação da mesma, o remédio é despachado pelo correio.

Qual é o preço?

Assim como todo fármaco, o preço deste também sofre variações de acordo com o local no qual é adquirido. De modo geral, o valor médio de uma caixa contendo 30 cápsulas de 25 mg cada custa R$ 100,00.

Quais são as considerações finais?

A obesidade é considerada uma doença crônica que provoca ou acelera o desenvolvimento de muitas doenças, podendo causar a morte precoce. Durante vários anos a obesidade era associada como distúrbios psíquicos, falta de caráter ou ainda auto-indulgência por ela cometida. No entanto hoje o sedentarismo, alimentação inadequada, hábitos alimentares equivocados, entre outros, são alguns dos fatores responsáveis pelo aumento na incidência da obesidade.

Atualmente é considerada uma forte indicação de doenças cardiovasculares e diabetes. Pode acarretar, também, distúrbios psicológicos, isolamento, depressão e baixa autoestima. É considerado, sem dúvida alguma, um grande problema da sociedade moderna globalizada, atingindo elevadas proporções entre a população.

Apesar de eficiente, o emagrecimento através da ingestão de medicamentos, em especial àqueles causadores de dependência química, como é o caso do remédio, não é a mais saudável para o organismo. Sendo assim, recorra a este método, apenas em casos extremos, do contrário busque a adoção de uma dieta balanceada aliada a prática de atividade física, se possível, diária. Por mais que, neste caso, o emagrecimento se dê de forma mais lenta, ele ocorrerá de uma maneira menos agressiva ao organismo.

Clique aqui para voltar para a seção com diversas medicinas.